100 anos

Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Há 100 anos, em 03/05/1920 nascia Dino Carlos Bandiera.
Cirurgião oncológico, auxiliar de Antonio Prudente – que fundou o Hospital do Câncer, hoje AC Camargo, ensinou um tal Ivan Santos a operar. O residente se casaria com sua filha, Lina Bandiera e cá estamos (André, Ivan Filho e o caçula Dino). Não há uma pessoa que tenha conhecido o vô Dino que não se lembre dele. Irreverente, líder, fazia medicina com amor e leveza. Numa área em que as notícias tristes eram a regra, ele era a exceção.


Tivemos a chance de participar mais de sua vida pessoal, muito pouco da profissional. Mas nossa entrada nos serviços, após seu falecimento em 2002, nos trazia sempre alguém que ao ler no crachá o sobrenome Bandiera perguntava: “você é parente do Dino?” . O neto homônimo então… O que se seguia era um brilho nos olhos, um onipresente sorriso e uma história. Todos tem uma- sempre deliciosa, e risadas. A conversa termina com ternura nos olhos, quase sempre um abraço, de pessoas que acabamos de conhecer e se emocionam ao nos ver, netos, seguindo pela estrada pavimentada.

Obrigado Vô. Comemore por aí, os dias não estão fáceis por aqui

Por André Bandiera de Oliveira Santos, um dos netos

Prof. Dr. André  Bandiera

Prof. Dr. André Bandiera

Membro da COS

Scroll Up